Clicky

Home - Convergência Digital

Oi Móvel terá um 'único' dono e Oi não se exclui do jogo do 5G

Ana Paula Lobo - 16/06/2020

A Oi Móvel será vendida para um único dono e não há a possibilidade de dividir os ativos para atender aos interessados, afirmou o CEO da Oi, Rodrigo Abreu, em entrevista aos sites especializados, nesta terça-feira, 16/06, para falar do aditamento ao plano de Recuperação Judicial. "Não vamos fatiar a Oi Móvel. Ela terá um único dono. A nossa ideia é obter os R$ 15 bilhões. Quem comprar vai tratar da questão do espectro com a Anatel", reforçou Abreu.

Indagado se haveria restrição legal ou regulatória à venda da Oi Móvel, Rodrigo Abreu assegurou que não há qualquer problema, uma vez que a Oi Móvel é uma autorização. "É fato que a mudança de controle passa pela Anatel, mas até na questão de espectro, pelas combinações já feitas entre os interessados, que já se manifestaram publicamente, ficam abaixo do limite imposto pela agência. Não vejo questão que impeça a venda do ativo", reforçou o CEO da Oi.

Sobre o leilão de frequências, Rodrigo Abreu não descartou participar da compra do espectro de 700 MHz, caso não se concretize a venda da unidade móvel até o leilão. "Esse é um espectro fundamental para a operação móvel", admitiu. Ao falar do 5G, o CEO da Oi deixou claro que a estratégia apresentada não afasta o interesse na nova tecnologia.

"O 5G não é usado apenas para o serviço móvel. Podemos pensar na banda larga fixa e em Internet das Coisas e, até, em uma MVNO. Nosso modelo seria mais B2B. Então não excluo a Oi do jogo do 5G", assegurou Abreu.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

27/11/2020
Oi acerta corte de 50% em multas da Anatel, para R$ 7 bilhões, mas conta pode cair para R$ 4 bilhões

26/11/2020
Sem disputa, Oi vende datacenters e torres por R$ 1,4 bilhão

13/11/2020
Oi avalia 5G para usar 3,5 GHz em banda larga fixa

13/11/2020
Oi quer ser o maior pequeno provedor do Brasil

06/11/2020
Justiça confirma venda da Oi Móvel para 14 de dezembro

27/10/2020
Oi dá zero rating para TikTok e aumenta oferta do Oi fibra para 500 Mega

26/10/2020
Oi firma parceria com a Quod por plataforma de Big Data &Analytics

20/10/2020
Oi entra na disputa do mercado de marketplaces para consolidar marca de consumo

16/10/2020
Projeto Oi Fibra recebe prêmio no Broadband World Forum 2020

15/10/2020
Pelo mínimo de R$ 325 milhões, Oi leiloa cinco datacenters em 26 de novembro

Destaques
Destaques

Qualcomm e Nokia: Ondas milimétricas são a mudança do modelo de negócio no 5G

Ondas milimétricas não apenas uma banda a mais para o 5G, mas são a base das novas aplicações com baixíssima latência, diz Francisco Soares, da Qualcomm. Wilson Cardoso, da Nokia, adverte que, até 2025, serão instaladas 200 mil ERBs para atender verticais específicas como a indústria 4.0.

Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

"Não há como fazer obrigação em cibersegurança. O ambiente tem de ser cooperativo e não é apenas com as teles. São mais de 10 mil pequenos prestadores de serviços e eles têm de estar ativos. Temos de ter uma coordenação entre todos os atores", disse o superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, Nilo Pasquali.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

5G precisa ser aberto e transparente

Por Fabio Rua

É possível afirmar que estamos vivendo um momento extremamente crucial na história da tecnologia, ainda mais após todo o processo de aceleração digital e transformação exigidos durante o período da pandemia de COVID-19. As decisões que tomarmos hoje sobre como as redes 5G serão construídas em nosso país terão um impacto sem precedentes na transformação dos negócios.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site