TELECOM

Operadoras captaram R$ 40,978 bilhões do BNDES entre 2004 a 2018

Ana Paula Lobo* ... 18/01/2019 ... Convergência Digital

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulgou nesta sexta-feira (18) a lista dos seus 50 maiores clientes e todas as operações com eles realizadas nos últimos 15 anos. De acordo com o banco, os dados já estavam no site, mas as informações estavam fragmentadas em diversas páginas, separadas por linhas de financiamento, disponíveis de uma "maneira difícil para a maioria das pessoas".

As operadoras de telecom Oi, TIM e Telefônica fazem parte da relação dos 50 maiores tomadores de recursos do BNDES de 2004 a 2018. A Claro S.A aparece apenas como tomadora de um empréstimo, de R$ 771 milhões, entre 2016 e 2018, ficando bem atrás das rivais na tomada de capital público.

Nos últimos 14 anos, a TIM solicitou empréstimos de R$ 12,142 bilhões. A Telefônica solicitou R$ 10,265 bilhões. O Grupo Oi aparece com as suas subsidiárias: Oi Móvel, com R$ 9,828 bilhões, Oi S.A., com R$ 4,301 bilhões, Telemar Norte Leste, com R$ 2,431 bilhões e Telemar Participações, com R$ 1,240 bilhão. No total, a Oi pegou R$ 17,8 bilhões com o Banco de Fomento que foi acionista majoritário da operadora, aprovou a Recupereação Judicial e, hoje, possui menos de 5% do capital acionário da operadora.

TIM, Telefônica e Oi e Claro S.A captaram R$ 40,978 bilhões com o BNDES no período 2004 a 2018. Maior parte dos recursos foi destinada para a construção de infraestrutura de banda larga fixa e móvel.  A Petrobras lidera a lista de maiores tomadores de recursos do banco de fomento (R$ 62,429 bilhões), seguida pela Embraer (R$ 49,3 bilhões) e Norte Energia (R$ 25,3 bilhões). Todos os dados estão concentrados nesse link.

*Com informações do BNDES



Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Teles vão ao STF contra lei que obriga atendimento em 15 minutos

Nova ação direta de inconstitucionalidade argumenta competência federal sobre telecom para questionar a lei aprovada em São Paulo que dispõe sobre o tempo de espera nas lojas das operadoras.

EUA vai banir Huawei e sugere cortar parcerias com quem não imitar

Em visita ao leste europeu, o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, diz que o uso de equipamentos de telecomunicações chineses “dificultam parcerias”.

Teles questionam no STF leis sobre cobrança e desbloqueio de celular

Em duas ADIs, empresas reclamam que leis do Rio de Janeiro invadiram a competência federal para tratar de telecomunicações.

Anatel reserva parte da faixa de 1,9 GHz da Claro para conexões via satélite

Ao analisar prorrogação do uso para telefonia fixa, agência reduziu prazo a cinco anos com vistas a mudar a destinação para o serviço móvel global por satélite.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G