SEGURANÇA

Apagão de mão de obra exige o uso de robôs na segurança cibernética

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, de Foz do Iguaçu ... 07/08/2018 ... Convergência Digital

O apagão de mão de obra especializada para Segurança da Informação abre espaço para o uso de robôs analistas na segurança cibernética nacional, afirma o consultor de Segurança da Informação, Paulo Pagliusi. Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o My Inova Summit, realizado nos dias 02 e 03 de agosto, em Foz do Iguaçu, o especialista observou que os hackers gostam de atacar em horários onde o custo do profissional é muito elevado.

"A maior parte dos ataques acontece de madrugada ou nos feriados. E ter um bom profissional atento nesses horários é muito caro. Além disso, temos carência de bons profissionais em segurança. Os robôs têm de ser vistos como aliados", afirma Pagliusi.

Com relação à segurança, o especialista diz que os ataques em Internet das Coisas só vão acender o sinal amarelo quando ficarem sensíveis ao bolso e à reputação das marcas. Assistam a entrevista com Paulo Pagliusi.


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

EUA voltam a acusar China de espionagem cibernética

Agência de Segurança Nacional alega que os chineses violam acordo para restringir esse tipo de ‘ataque’ firmado em 2015.

Salvador integra 1900 câmeras em sistema único de segurança

Iniciatva permitiu reunir os dados dentro da Secretaria do Estado da Bahia. Equipe faz agora  reconhecimento facial, contagem de pessoas, identificação de placas de veículos, entre outros, revela Rômulo Horta, diretor de Marketing da Huawei Enterprise.  Mais projetos estão ganhando espaço no mercado nacional.

TSE exige que Google, Facebook e You Tube retirem do ar vídeo de Bolsonaro que sugere fraude na urna eletrônica

Por 6 x1, o plenário do Tribunal Superior Eleitoral exigiu a retirada do vídeo gravado pelo presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) das redes sociais. O vídeo também tem de deixar de ser veiculado em outros 53 endereços eletrônicos no qual foi replicado.

Roubo de dados e DDoS se amplificam e vão dar muita dor de cabeça às empresas

Para o vice presidente da A10 Networks, Alex Maduro, o 5G vai dar um salto na qualidade das conexões, mas também vai aumentar o patamar de riscos cibernéticos.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G