SEGURANÇA

Oi lança plataforma para mitigar ataques à rede de dados corporativa

Convergência Digital ... 03/05/2018 ... Convergência Digital

A Oi apresenta ao mercado a sua nova plataforma de Gestão Integrada de Serviços – Managed Security Services (GIS MSS) que permite gerenciamento integrado de serviços de segurança para clientes corporativos. O novo serviço vem para somar o portfólio de soluções de TICs da companhia que passa por quatro pilares de atuação: Cloud/Data Center, Segurança, IoT e Big Data. A companhia investiu cerca de R$ 100 milhões em soluções de TI nos últimos três anos.

A plataforma GIS MSS possui portal intuitivo que pode ser acessado por múltiplos dispositivos com visões executivas e operacionais, e conta com equipe de gerenciamento 24 horas, setes dias por semana. Através dela é possível ter visibilidade do tráfego bloqueado por porta e por IP, alertas IDS (Sistema de Detecção de Intrusos) por técnica de ataque, ameaças com prioridade alta, utilização de CPU e memória, conexões por segundo, ataques DOS e brute force, registros de interações e informações trafegadas, entre outros. A plataforma foi desenvolvida para tornar os serviços de dados mais tangíveis para os clientes, que passam a centralizar recursos no core business e delegar o gerenciamento à Oi.

A Oi vem apresentando crescimento ano a ano no setor de TIC. No terceiro trimestre de 2017, a participação da receita de serviços não voz atingiu 70% da receita total do Corporativo, o que representa crescimento de 3,4 p.p em relação ao terceiro trimestre de 2016, alavancada principalmente pelo crescimento da receita de TI, que aumentou 18,5% em relação ao mesmo período de 2016 e 24,3% comparada ao segundo trimestre de 2017.

 


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

Mais de 120 milhões de CPF de brasileiros vazaram de servidor mal configurado

O fato aconteceu em março deste ano e foi detectado pela empresa InfoArmor. O dono do servidor mal configurado não foi identificado. Os vazamentos se multiplicam no País. Só essa semana foram três: TIVIT, Sicredi e SKY.

BT Brasil defende clientes de mais de 125 mil ataques cibernéticos/mês

De acordo com o diretor geral da operadora no Brasil, Alex Inglês, em 12 meses, a companhia ‘defendeu’ cerca de 18 mil ataques DDoS de larga escala, alguns chegando a 650 gibabits. Complexidade tributária afasta investimentos em rede no Brasil, afirma ainda o executivo.

EUA voltam a acusar China de espionagem cibernética

Agência de Segurança Nacional alega que os chineses violam acordo para restringir esse tipo de ‘ataque’ firmado em 2015.

No Brasil, 20% das PMEs quebram após ataque hackers

Levantamento feito com 285 empresas mostra que boa parte pagou resgate para ter dados recuperados após ataque hacker. O pagamento é feito, em média, de 0,3 a 0,4 do valor de um bitcoin (R$ 9,6 mil). Entre as PMEs pesquisadas, seis de cada 10 admitiram ter sido contaminadas por malware.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G