GOVERNO

TSE recusa duas propostas e cancela licitação para impressoras nas urnas

Luís Osvaldo Grossmann ... 16/02/2018 ... Convergência Digital

Só falta agora o Supremo Tribunal Federal chancelar o fim do voto impresso, como pede a Procuradoria Geral da República. Na prática, já melou a compra de máquinas para imprimir 5% dos votos no pleito deste outubro de 2018. O Tribunal Superior Eleitoral recusou as duas únicas propostas apresentadas no pregão realizado em 12/1. 

A primeira vencedora, a venezuelana Smartmatic, pediu R$ 67,3 milhões nas 30 mil impressoras e outros acessórios, como papel, urnas para os votos impressos e cabines de votação. Aceitou reduzir o preço para o valor do edital, R$ 62 milhões, mas acabou desqualificada quando o TSE analisou o equipamento oferecido. 

A segunda colocada, a paulista TSC Pontual, desistiu em seguida. A empresa se recusou a baixar seu lance de R$ 67,4 milhões para os R$ 62 milhões que o TSE usou como valor de referência. “Após exaustiva negociação juntos aos fornecedores parceiros, não conseguimos a redução do valor proposto”, alegou a empresa, acusando “a excessiva carga tributária” e os “inúmeros aumentos de combustíveis dificultando a logística pelo país”. 

O TSE, assim, cancelou a aceitação das duas propostas apresentadas no pregão, apontando para a primeira uma impressora que não atendia o edital e para a segunda que “não reduziu o preço ofertado aos patamares dos valores estimados. Não encaminhou documentos de habilitação. Alegou que o prazo seria insuficiente para a execução do projeto.”


Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

TSE: software usados na urna eletrônica são desenvolvidos no Tribunal

Presidente do STF, ministro Dias Toffoli, também rebateu a suposição de fraude. “Digo apenas que ele (Jair Bolsonaro) sempre foi eleito usando a urna eletrônica. Os sistemas são abertos a auditagem para todos os partidos políticos seis meses antes da eleição, para todos os candidatos e para a OAB”.

Órgãos públicos centralizam atendimento de ouvidorias em um único portal

Novo Decreto obriga a integração dos canais de atendimento de todos os órgãos da administração federal direta. Atualmente existem 386 unidades de ouvidorias federais. A governança ficará com a Controladoria Geral da União.

eSocial já tem 1 milhão de empresas, mas grandes estão atrasadas

Das mais de 12 mil empresas que devem substituir o recolhimento do FGTS até 27/8, menos de 8 mil estão prontas.

Plano de IoT aguarda apenas a assinatura do presidente Temer

"O decreto está pronto", diz Thiago Camargo, da Secretaria de Políticas Digitais do MCTIC. Sobre Transformação Digital, ele lembra que o governo deve atuar como facilitador.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G