SEGURANÇA

TSE prepara novos testes de segurança da urna eletrônica

Luís Osvaldo Grossmann* ... 01/09/2017 ... Convergência Digital

O Tribunal Superior Eleitoral vai realizar novos testes públicos de segurança do sistema de votação. Quem quiser fazer ataques à urna eletrônica deve se inscrever junto ao TSE até 10 de setembro. Os testes serão realizados entre 28 e 30 de novembro. 

Como explica o tribunal, “o teste é voltado a estudantes e profissionais da área de Tecnologia e Segurança da Informação e demais interessados no tema. Na ocasião, os investigadores tentarão atacar a urna e seus componentes internos e externos, com o objetivo de descobrir e, dessa forma, corrigir vulnerabilidades do sistema com relação à possibilidade de violação de resultados e quebra do sigilo do voto”.

Os testes serão limitados a 25 pessoas, individualmente ou em grupos de até 5 integrantes. Além de preencher um formulário de pré-inscrição, na sequência, como costuma fazer o TSE, devem ser apresentados os planos dos testes que se pretende realizar com detalhamento de como será a tentativa de violação do sistema eletrônico de votação. 

“Os componentes que serão alvos de ataque são: Gerenciador de Dados, Aplicativos e Interface com a Urna Eletrônica (GEDAI-UE); Software Básico da Urna; Software de Carga (SCUE); Gerenciador de Aplicativos (GAP); Software de Votação (VOTA); Recuperador de Dados (RED) e Sistema de Apuração (SA); Sistemas Transportador - RecArquivos e InfoArquivos -; Subsistema de Instalação e Segurança (SIS) e Kit JE Connect, além da urna modelo 2015, com seus respectivos firmwares e mídias eletrônicas.”

A comissão avaliadora, com 10 membros, terá acadêmicos da área de Tecnologia, especialistas da área de Física, Criptografia e Engenharia, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do Congresso Nacional e da Polícia Federal, além de uma juíza federal que atua no TSE.

* Com informações do TSE


Soluções de Segurança para a Sociedade
Não delegue a segurança cibernética apenas para a TI

Para mitigar os riscos com ataques hackers, toda a corporação precisa se unir, adverte Jun Goto, vice-presidente Sênior da NEC Corporation.

Bancos ingleses têm três meses para mostrar planos de segurança cibernética

No Brasil, resolução do Banco Central, de abril deste 2018, deu um ano para que as instituições financeiras aprovem políticas de segurança e planos de resposta a incidentes.

Golpe do PIS no WhatsApp atinge mais de 116 mil pessoas em 24 horas

Hackers estão agindo oportunamente por meio de dois links maliciosos que oferecem a suposta possibilidade de consultar o saldo a ser recebido.

Defesa nacional fará exercício de guerra cibernética com setores nuclear e financeiro

Exercício Guardião Cibernético envolverá Angra I e II, Nuclebrás, Banco Central, Bovespa e bancos privados.

Hackers repaginam golpe usando o Uber no Brasil

Campanha é antiga, mas ganhou nova roupagem para despertar o interesse do usuário com um suposto desconto de R$ 100 nos serviços do app de transporte.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G