SEGURANÇA

TSE prepara novos testes de segurança da urna eletrônica

Luís Osvaldo Grossmann* ... 01/09/2017 ... Convergência Digital

O Tribunal Superior Eleitoral vai realizar novos testes públicos de segurança do sistema de votação. Quem quiser fazer ataques à urna eletrônica deve se inscrever junto ao TSE até 10 de setembro. Os testes serão realizados entre 28 e 30 de novembro. 

Como explica o tribunal, “o teste é voltado a estudantes e profissionais da área de Tecnologia e Segurança da Informação e demais interessados no tema. Na ocasião, os investigadores tentarão atacar a urna e seus componentes internos e externos, com o objetivo de descobrir e, dessa forma, corrigir vulnerabilidades do sistema com relação à possibilidade de violação de resultados e quebra do sigilo do voto”.

Os testes serão limitados a 25 pessoas, individualmente ou em grupos de até 5 integrantes. Além de preencher um formulário de pré-inscrição, na sequência, como costuma fazer o TSE, devem ser apresentados os planos dos testes que se pretende realizar com detalhamento de como será a tentativa de violação do sistema eletrônico de votação. 

“Os componentes que serão alvos de ataque são: Gerenciador de Dados, Aplicativos e Interface com a Urna Eletrônica (GEDAI-UE); Software Básico da Urna; Software de Carga (SCUE); Gerenciador de Aplicativos (GAP); Software de Votação (VOTA); Recuperador de Dados (RED) e Sistema de Apuração (SA); Sistemas Transportador - RecArquivos e InfoArquivos -; Subsistema de Instalação e Segurança (SIS) e Kit JE Connect, além da urna modelo 2015, com seus respectivos firmwares e mídias eletrônicas.”

A comissão avaliadora, com 10 membros, terá acadêmicos da área de Tecnologia, especialistas da área de Física, Criptografia e Engenharia, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do Congresso Nacional e da Polícia Federal, além de uma juíza federal que atua no TSE.

* Com informações do TSE


Soluções de Segurança para a Sociedade
Não delegue a segurança cibernética apenas para a TI

Para mitigar os riscos com ataques hackers, toda a corporação precisa se unir, adverte Jun Goto, vice-presidente Sênior da NEC Corporation.

Novo golpe do boleto já distribuiu quase 300 mil e-mails no Brasil

Malspam (spam malicioso) foi criado especialmente para vítimas brasileiras, revela a Unit 42. Os boletos falsos são para roubar dados, senhas e nomes de usuários.

Tokelau, com 1,5 mil habitantes, é o domínio mais usado para golpes

Código de país da ilha polinésia, ‘.tk’, é largamente utilizado para golpes na rede, segundo pesquisa global sobre phishing.

Golpe do 14º salário no WhatsApp atinge 770 mil brasileiros

Os golpistas pedem para o usuário conferir se tem direito a um dinheiro extra.

Brasil sofre 55% dos ataques de ransomware na América Latina

Segundo números divulgados pela Kaspersky Lab, esse tipo de ameaça registrou aumento de 30% entre 2016 e 2017.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G