INCLUSÃO DIGITAL

Unicef e Zenvia se unem por projeto nacional de combate à exclusão escolar

Ana Paula Lobo* ... 16/08/2017 ... Convergência Digital

No Brasil, mais de 2,8 milhões de crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos estão fora da escola, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada em 2015. Do total, 53% são meninas e meninos que vivem em domicílios com renda per capita de até meio salário mínimo.

Para garantir o direito à educação de cada criança e adolescente, o Unicef lançou a plataforma gratuita Busca Ativa Escolar, que tem a tecnologia de SMS da Zenvia - empresa brasileira especializada em comunicação corporativa via mensagens móveis – como ferramenta para identificar a exclusão escolar e notificar o poder público municipal.

O Chefe de Educação do UNICEF no Brasil, Ítalo Dutra, afirma que a ideia é que os municípios tenham os dados e, assim, possam criar soluções para permitir que cada vez mais meninos e meninas possam frequentar a escola regularmente. "Por meio do SMS e de outras parcerias que estamos realizando, ofertamos a metodologia e a tecnologia necessárias para isso".

"O Busca Ativa Escolar também permitirá às cidades participantes ter um registro da exclusão escolar, com estatísticas para acompanhamento, utilizando a tecnologia como ferramenta de ação", acrescenta o Gerente de Tecnologia da Informação do UNICEF no Brasil, Marcelo Falcão. O SMS será o primeiro canal de ação.

Ao visitar as famílias e identificar crianças em idade escolar que estejam fora da escola, o agente comunitário enviará alerta por SMS, aplicativo e/ou site a um grupo multisetorial de profissionais que conversará com a família para entender as causas da exclusão escolar, fará a inserção da criança ou adolescente na escola e acompanhará a vida estudantil, avaliando cada situação e necessidade individualmente.

A expectativa é gerar 10.000 alertas até o fim do ano, sendo que 2.000 serão enviados por SMS. "Esta é a maneira mais rápida de fazer com que a mensagem chegue ao destinatário final. É uma tecnologia de fácil utilização e não depende do pacote de dados ou de conexão, tornando o trabalho dos agentes comunitários mais ágil e eficiente", explica Fábio Matias, diretor de Negócios Corporativos na Zenvia. O Unicef espera que a plataforma Busca Ativa Escolar esteja implantada em pelo menos 500 municípios até 31 de dezembro.

*Com informações da Zenvia

 


Carreira
Apps proibidos acirram confronto entre patrões e empregados no home office

Pesquisa mostra que mais de  50% da chamada geração Millenium e da geração Z ignoram as políticas de segurança dos empregadores. Levantamento da PWC, porém, também aponta que pouco mais de 20% das empresas, de fato, estabeleceram regras para o trabalho remoto.

Licitação do MEC abre espaço para MVNOs na oferta de banda larga móvel gratuita

Propostas têm de ser enviadas ao governo até o dia 17. Contratação acontece ainda em julho. O preço de referência da RNP para este processo é de R$ 0,56 GByte/mês sem ICMS, considerando um pacote de dados de 20 Gbytes, para a quantidade de 5.000 alunos. 

MEC exige energia elétrica nas escolas para levar banda larga

Escolas precisam também estar  em área de cobertura terrestre ou via satélite, e ter mais de 14 matrículas em 2020. 

No Brasil, 4,8 milhões de crianças e adolescentes não têm acesso à Internet

A desigualdade digital e social se evidencia quando se constata que a maior parte dos sem acesso está nas classes D e E e nas regiões Nordeste e Norte. O celular é o meio principal de contato com a rede social.

No Brasil, 39% dos alunos das escolas públicas não têm PCs, notebook ou tablet para estudar

A TIC Educação 2019 constata ainda que nas escola rurais, apenas 40% delas têm um PC ou uma conexão à Internet.

Brasil soma 424 milhões de dispositivos digitais em uso. Smartphone é o rei

São 234 milhões de smartphones em uso no País e 190 milhões de computadores, revela pesquisa da FGVcia/SP. Em 2019, foram 12 milhões de PCs vendidos. Em 2020, a Covid-19 exigiu a troca de dispositivos e deverá incrementar o mercado, diz o professor Fernando Meirelles.

Aloo Telecom cede rede de fibra ótica para viabilizar UTI virtual

A Aloo Telecom é responsável por toda a tecnologia por trás do projeto UTI Virtual, em pareria firmada com o Hospital do Coração (HCOR) e a Fundação Cardiovascular de Alagoas (Cordial). Aliança permitirá atendimento em tempo rela para 100 leitos nos hospitais do SUS de Alagoas.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G