Home - Convergência Digital

Teles europeias usam 5G para se manifestarem contra neutralidade de rede

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 08/07/2016

Operadoras da Europa – como BT, Deutsche Telekom, Telecom Italia,  Vodafone  e Telefónica– além de fornecedores de rede, como a Ericsson, apresentaram um manifesto à Comissão Europeia em defesa de um rápido lançamento de serviços em tecnologia 5G, mas para isso pede que sejam feitas mudanças nas diretrizes do bloco sobre a neutralidade de rede. 

“A indústria de telecom alerta que as atuais diretrizes de neutralidade de rede criam incertezas significativas sobre o retorno dos investimentos em 5G”, diz o documento. “Dessa forma, investimentos serão adiados a não ser que os reguladores tomem uma posição positiva sobre a inovação e a mantenham”. 

O documento é uma resposta ao Plano de Ação 5G proposto pelo comissário europeu para Economia Digital em fevereiro deste ano, com vistas ao desenvolvimento de redes 5G até 2020. As empresas sustentam que seriam capazes de lançar essas redes 5G em pelo menos uma cidade em cada país europeu até a data pretendida – em troca da quebra de neutralidade. 

O posicionamento se dá na esteira da abertura de uma consulta pública pelo Berec, o órgão que reúne os reguladores nacionais de comunicação eletrônica dos 28 países membros da UE, sobre a regulamentação da neutralidade – a exemplo do que fez o Brasil como Decreto 8771/16. Para as empresas que subscrevem o manifesto do 5G, “a UE e os Estados Membros devem reconciliar a necessidade de uma Internet Aberta com regras pragmáticas que incentivem a inovação”. 

A integra do manifesto pode ser conferida aqui

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/01/2018
Brasileiro prevê o fim do 'baldes de dados' e quer pagar por serviço contratado no 5G

10/01/2018
Kassab:"Não há espaço para o fim da neutralidade de rede"

14/12/2017
FCC derruba neutralidade de rede e EUA se preparam para guerra judicial

13/12/2017
5G vai ampliar uso de redes WiFi

11/12/2017
Pioneiros da internet pedem que FCC suspenda votação sobre neutralidade

11/12/2017
Latência será vendida como serviço na era do 5G

28/11/2017
5G terá 1 bilhão de assinantes em 2023

24/11/2017
Lançamentos prematuros colocam em risco o uso do 5G

22/11/2017
Serviço corporativo entra na radar das oportunidades no 5G

21/11/2017
FCC apresenta proposta que acaba com neutralidade de rede nos EUA

Destaques
Destaques

Teles projetam 100 milhões de 4G até o fim de 2017

Em outubro, a conta é de que já existiam 95 milhões de acessos em 4G, contra 92 milhões de 3G. Expectativa é de que o LTE represente 80% dos acessos em 2018.

Migração total do 2G exige smartphones mais baratos

Para o Sinditelebrasil, preço dos aparelhos é barreira para os 36 milhões de usuários que ainda têm acessos GSM. Acessos 4G superaram os 3G em outubro.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Que ninguém fique sem o sinal de TV digital

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em artigo exclusivo para o Convergência Digital, o presidente da Anatel e do GIRED, revela que a liberação do 700 Mhz atrai a atenção de outros países; aumenta a geração de empregos e acelera a inclusão digital com a massificação do 4G.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site