GOVERNO » Compras Governamentais

TSE quer R$ 200 milhões para pagar 90 mil urnas eletrônicas

Luís Osvaldo Grossmann ... 30/05/2016 ... Convergência Digital

Depois de reclamar da lei que determinou o voto impresso a partir das eleições municipais deste 2016, o Tribunal Superior Eleitoral tenta garantir com o governo interino o dinheiro necessário para pagar por 90 mil novas urnas eletrônicas. 

Segundo divulgou o TSE, no último sábado (28/5), o presidente da República interino Michel Temer recebeu o ministro Gilmar Mendes, que presidente o tribunal, para tratar “da necessidade de recomposição urgente do orçamento do TSE neste ano eleitoral”. 

“A Justiça Eleitoral precisa mandar fabricar 90 mil novas urnas para serem distribuídas em todos os estados”, afirmou o presidente do TSE. De acordo com o tribunal, Mendes já tentara com o (agora ex) ministro do Planejamento, Romero Jucá, “a reposição de, pelo menos, R$ 150 milhões, dos R$ 250 milhões da verba da Justiça Eleitoral que foram destinados ao Fundo Partidário”.

Ainda em 2015, o TSE chegou a fazer um protesto (um tanto inusitado), ao publicar no Diário Oficial da União, ao lado da divisão dos cortes orçamentários de então entre os tribunais superiores, uma queixa de que o contingenciamento inviabilizaria as eleições municipais pelo voto eletrônico. 

Também no fim do ano passado, o TSE realizou uma licitação – na modalidade de registro de preços – para contratar a “produção e fornecimento de até 150 mil urnas eletrônicas”. A vencedora foi a Procomp (da americana Diebold), com o preço total de R$ 351,1 milhões. 

O valor corresponde a até 150 mil urnas pelo preço unitário de R$ 2.218,32, além da garantia. Com esse valor por urna, as 90 mil mencionadas pelo TSE como necessárias para as eleições de outubro próximo correspondem a R$ 199,6 milhões. Segundo o tribunal, “o presidente do TSE acredita que o problema será resolvido nos próximos dias”.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Governo faz pregão para digitalizar 1,2 milhão de pastas funcionais

Com a iniciativa, estima-se reduzir de 35 para 2 minutos o tempo médio de acesso e localização de documentos, além de aumentar a confiabilidade das informações acessadas. O valor estimado é de R$ 53,6 milhões e o pregão está marcado para o dia 16 de outubro.

BNDES volta a financiar software e serviços de TI com BNDES 10

Suspenso em 2016 quando completava 20 anos, o programa ProSoft ganha nova roupagem e retoma a concessão de verbas para empresas com faturamento entre R$ 1 milhão e R$ 10 milhões. Iniciativa deverá ser anunciada até o final do ano.

FINEP vai conceder crédito para empresas comprarem software e serviços

FINEP Soft é voltada para as empresas comprarem software e serviços e beneficia quem adquirir tecnologia nacional, adianta o diretor de Planejamento, Márcio Girão.

Governo sozinho não faz a transformação digital no Brasil

Diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital do MCTIC, José Gontijo, garante que o período eleitoral não interrompeu as ações da estratégia brasileira de transformação digital, mas adverte. "O Governo é facilitador. A iniciativa privada faz acontecer. Os dois precisam andar juntos".

Órgãos públicos centralizam atendimento de ouvidorias em um único portal

Novo Decreto obriga a integração dos canais de atendimento de todos os órgãos da administração federal direta. Atualmente existem 386 unidades de ouvidorias federais. A governança ficará com a Controladoria Geral da União.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G