Home - Convergência Digital

Vivo investe em redes 4G privativas para o mercado B2B

Convergência Digital* - 02/09/2019

A Vivo Empresas – segmento B2B da Telefônica Brasil – lançou a rede 4G privativa, construída especialmente para a necessidade do cliente. A solução é direcionada para empresas e indústrias com demandas de missão crítica que necessitam de cobertura dedicada, desempenho, segurança e confiabilidade para suportar seus negócios.

Uma rede privativa 4G aumenta taxas de tráfego de alto volume e reduz atrasos, ao mesmo tempo em que garante a qualidade do serviço, tornando possível a utilização de aplicações em internet das coisas – sinônimo da indústria 4.0.

A solução é essencial em atividades que precisam de conectividade com alta disponibilidade, mobilidade e segurança, como veículos autônomos em campos de mineração, telemedição de processos críticos na indústria de óleos e gás, automação de linhas de produção na indústria automobilística e controle de movimentação em grandes galpões logísticos.

O head de Internet das Coisas, Inovação e Big Data B2B da Vivo, Diego Aguiar, explica que  a transformação da indústria para o conceito 4.0 requer uma rede robusta, e nossa solução foi desenvolvida para suportar a internet das coisas em ambientes críticos. 

"Com a novo serviço, as empresas conseguem suprir importantes necessidades, como, por exemplo, alta segurança; mobilidade, com linhas de produção automatizadas ou robotizadas que atuam em grandes áreas onde a conectividade com fio não é uma opção; livre de interferências, com um espectro licenciado que não permite que outros serviços interfiram no ambiente de produção; conexões massivas, que permitem um alto volume de aplicações em internet das coisas com transmissão de dados e relatórios em tempo real, e conectividade fim-a-fim”, completa o executivo.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

04/09/2020
Cobertura 4G alcança 5 mil municípios

02/09/2020
TIM quer parceria com startups em uso de 4G ou IoT em soluções para o campo

28/08/2020
TIM incentiva migração do 3G para 4G com troca diretamente pelo celular

20/08/2020
Vivo amplia seu ecossistema digital ao agronegócio com soluções IoT

17/08/2020
4G: Claro e TIM lideram em velocidade, cobertura e experiência de vídeo

29/07/2020
Unida às rivais pela Oi Móvel, Vivo entra na briga pela rede neutra de fibra

17/07/2020
Vivo abre processo seletivo para mais de 200 profissionais

15/07/2020
Vivo terá 5G DSS, mas cobra leilão do 3,5GHz no começo de 2021

15/07/2020
Covid-19: Vivo antecipa R$ 1 bilhão a fornecedores

06/07/2020
UISA, de bionergia, contrata Vivo para ter 4G e IoT na produção de bionergia

Destaques
Destaques

Claro: Sem antenas, São Paulo fica fora do 5G

CEO da Claro, Paulo Cesar Teixeira, criticou a miopia de executivos que ainda insistem em colocar restrições à implantação de antenas, como acontece na cidade de São Paulo. "5G é a grande plataforma para permitir um salto econômico mais vigoroso", advertiu.

Covid-19 não é desculpa e Brasil perde dinheiro e status ao atrasar o 5G

O mundo não vai esperar o Brasil resolver seus problemas e o 5G está acontecendo, advertiu o consultor sênior da Omdia, Ari Lopes. Governo terá de decidir se busca investimentos de longo prazo ou de curto prazo. Omdia prevê um impacto de US$ 1,1 trilhão no Brasil de 2021 a 2025.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site